Saúde.

Publicação: Quarta-feira, 25/05/2016 às 10:05:00
A+A-

Todas as especialidades médicas devem solicitar exames de DST

Conselho Federal de Medicina recomenda que todas as especialidades médicas demandem exames para detecção de HIV, sífilis e hepatites

Nova indicação do Conselho Federal de Medicina (CFM) inclui a solicitação de exames para HIV, sífilis e hepatites B e C no check-up básico durante consulta periódica de qualquer especialidade médica. A expectativa é prevenir, de forma rotineira, os que tiverem resultados negativos e tratar precocemente aqueles que apresentarem qualquer uma das infecções. Dr. Alberto Chebabo, infectologista que integra o corpo clínico do Laboratório Exame acredita que o cumprimento da norma deve diminuir o risco de contaminação dessas doenças sexualmente transmissíveis na população brasileira. 

 

HIV

Dados do CFM mostram que, no Brasil, cerca de 25% dos casos de HIV são diagnosticados quando o paciente já apresenta contagem de linfócitos muito baixas, ou seja, com um estado avançado de imunossupressão. Dr. Alberto Chebabo, infectologista que integra o corpo clínico do Laboratório Exame, espera que com a nova medida, mais pessoas possam ser diagnosticadas precocemente. “Hoje, os casos de morte pela AIDS costumam ocorrer apenas quando o paciente descobre tarde demais ou não acompanha a doença adequadamente”, reflete o especialista.

Diagnóstico -  Anti-HIV - é o exame que realiza o diagnóstico da infecção pelo HIV, pois identifica anticorpos conta o vírus, além de antígenos do vírus presentes no sangue. CD4 e carga viral HIV - estes dois exames são fundamentais para compreender em que momento da doença o paciente se encontra. Os testes serão usados para definir o estágio da imunossupressão e monitorar o tratamento.

 

Sífilis

Não há, segundo o CFM, números confiáveis sobre casos de sífilis em todo o país. O seguimento da nova norma ajudará inclusive na correção destes dados. Porém, Dr. Chebabo informa que essa é uma das DST’s mais prevalentes. “Essa doença se manifesta, na forma primária, como uma ferida indolor, o que dificulta o diagnóstico. A falta de um diagnóstico precoce é preocupante, principalmente, no caso de gestantes que devem ser tratadas a tempo para evitar que a criança nasça com sífilis congênita”, explica. 

Diagnóstico - VDRL -  exame de sangue que identifica anticorpos produzidos pelo organismo para combater a bactéria causadora da doença.

 

Hepatites B e C 

De acordo com o infectologista, mais de metade dos contágios da hepatite B ocorrem por transmissão sexual. Já a hepatite C é transmitida principalmente através do contato com sangue contaminado por meio de hemotransfusões, seringas contaminadas em usuários de drogas ou material cirúrgico não estéril, por exemplo. “Ambas as doenças têm uma proporção de casos assintomáticos muito elevada. Ou seja, os exames laboratoriais são decisórios para a confirmação ou não destas doenças, já que o diagnóstico clínico muitas vezes não detecta”, alerta. 

Diagnóstico – Sorologia e PCR - O exame de sorologia é usado para determinar por qual vírus a pessoa foi infectada, a partir do quinto dia após a infecção, por meio da detecção dos anticorpos no sangue.  O PCR, ou teste molecular, detecta o material genético do vírus no sangue do paciente desde o primeiro dia da infecção. 

Para Alberto Chebabo, se a recomendação do CFM for seguida à risca, o diagnóstico das Doenças Sexualmente Transmissíveis mais comuns não dependerá mais dos consultórios de ginecologia e urologia, porém, não exclui a necessidade dessas visitas. “O paciente ainda deve ficar de olho nos principais sintomas das DST’s como feridas, verrugas e ou corrimento no pênis, vagina e ânus. Sempre pedir também que os parceiros sejam examinados e claro, nunca abrir mão do uso de preservativos”, conclui o médico. 

Fonte: Da redação do Jornal de Brasília

O que você achou desta matéria?
Seus votos ajudam a aperfeiçoar este site.
PUBLICIDADE

Mais lidas.

    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADE

    Serviços.

    Assinatura

    Tenha seu jornal sempre na mão

    Confira nossa Edição Digital

    Classificados

    Encontre o que você procura

    Empregos

    Temos um trabalho para você

    Hoje temos vagas disponíveis