Futebol.

Publicação: Sábado, 04/06/2016 às 19:57:00
A+A-

Atlético-PR se reabilita em casa com vitória em cima do Santa Cruz

Assim, os rubro-negros se afastam da zona de rebaixamento temporariamente, com sete pontos e a 11ª colocação

Atlético-PR e Santa Cruz se enfrentaram na noite deste sábado em busca da reabilitação no Campeonato Brasileiro. E graças a um golaço do volante Deivid, aos 14 minutos da etapa final, o Furacão arrancou os três pontos diante do seu torcedor, na Arena da Baixada, em Curitiba, nesta 6ª rodada da competição nacional.

Assim, os rubro-negros se afastam da zona de rebaixamento temporariamente, com sete pontos e a 11ª colocação. Na última rodada, o Atlético-PR havia perdido para o Internacional. Agora, se prepara para encarar o São Paulo no próximo sábado, às 21 horas, no Morumbi.

Por outro lado, o Santa Cruz começa a se preocupar com a má fase. A equipe do centroavante Grafite estacionou nos 8 pontos e ocupa provisoriamente a 7ª colocação depois da segunda derrota seguida no Brasileiro. Já são três jogos de jejum, pois antes disso o Tricolor ficou apenas no empate com a Chapecoense. Domingo que vem o desafio será contra o Santos, às 19 horas, no estádio do Arruda, em Pernambuco.

O jogo

Precisando do resultado para se reabilitar diante de seu torcedor, o time de Paulo Autuori tomou a iniciativa do jogo e ditou o ritmo em todo o primeiro tempo. Atlé os primeiros 10 minutos, o Santa Cruz sequer chegava ao gol de Weverton. O Furacão chegou a ter 67% de posse de bola, mas esbarrava na forte marcação dos visitantes.

Aos 21 minutos, Nikão pegou rebote da própria cobrança de falta e um desvio no meio do caminho tirou uma bola certa do gol. A resposta veio no lance seguinte. Tiago Costa aprofundou na linha fundo e cruzou na cabeça de Grafite, que testou para fora. O jogo começava a ficar movimentado e mais agradável para quem acompanhava.

Walter, ainda em jejum de gols, tentava a todo momento jogadas individuais e atormentava os zagueiros do Santa. Aos 31, Vinícius pegou sobra de bola alçada na área e soltou uma bomba, rasteira. A bola raspou a trave e o grito de gol ficou entalado na garganta dos torcedores.

Mais solto na partida, o Santa Cruz voltou a assustar aos 34. Everaldo bateu para boa defesa de Weverton. Grafite estava atento e por pouco não desviou para o gol. Assim, com o famoso lá de cá, o jogo se encaminhou para o intervalo sem gols.

Na segunda etapa, o panorama do confronto não mudou. O Atlético-PR insistia na pressão, com o apoio da torcida, enquanto o Santa Cruz seguia apostando no contra-ataque, pouco produtivo neste sábado. Logo aos 8 minutos, Everaldo recebeu de Uillian Correia e isolou uma grande oportunidade para os donos da casa.

E de tanto insistir, o Atlético-PR chegou ao seu gol aos 14 minutos. E em grande estilo. Ewandro chutou e bola explodiu na zaga. Deivid pegou o rebote e, de primeira, de fora da área, bateu colocado, na gaveta. A bola ainda tocou na trave antes de se escorar nas redes. Um golaço na Arena.

A empolgação, no entanto, por pouco não virou frustração. Aos 21, Grafite recebeu livre dentro da área e desperdiçou uma chance incrível de empatar o jogo. A partir dai, o jogo virou e o Santa Cruz se lançou ao ataque em busca do empate.

Desta maneira, o time de Pernambuco deixou espaços atrás e, assim, o Atlético-PR teve tudo para matar o jogo. Nikão recebeu linda bola dentro da área e bateu cruzado. Tiago Cardoso fez grande defesa e manteve o Santa Cruz vivo.

Apesar do clima de tensão no final da partida, com os atleticanos se segurando como podiam e o Tricolor pressionando, o placar não foi mais alterado e o Furacão voltou a vencer no Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-PR 1 X 0 SANTA CRUZ

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Data: 04 de junho de 2016, sábado

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Wagner Reway (MT)

Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Fábio Rodrigo Rubinho (MT)

Cartões amarelos: SANTA CRUZ: Danny Morais, Uillian Correia.

Público: 11.863 pagantes. 13.515 presentes

Renda: R$ 169.690,00.

GOL:

ATLÉTICO-PR: Deivid, aos 14 minutos do 2T.

ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Thiago Heleno, Wanderson e Sidcley; Otávio, Deivid e Vinícius; Ewandro (Giovanny), Nikão (Marcos Guilherme) e Walter (André Lima).

Técnico: Paulo Autuori.

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; Léo Moura, Neris, Danny Morais e Tiago Costa; Uillian Correia, João Paulo (Bruno Moraes), Lelê e Wallyson (Arthur); Grafite e Everaldo (Keno)

Técnico: Milton Mendes 

Fonte: Gazeta Esportiva

O que você achou desta matéria?
Seus votos ajudam a aperfeiçoar este site.
PUBLICIDADE

Mais lidas.

    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADE

    Serviços.

    Assinatura

    Tenha seu jornal sempre na mão

    Confira nossa Edição Digital

    Classificados

    Encontre o que você procura

    Empregos

    Temos um trabalho para você

    Hoje temos vagas disponíveis