EsplanadaLeandro Mazzini

PUBLICIDADE
Publicação: Quinta-feira, 02/06/2016
A+ A-

Classe pressiona ministro a rever Mais Médicos

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, sofre pressão da Ordem dos Médicos do Brasil contra o programa ‘Mais Médicos’, lançado pela presidente afastada Dilma Rousseff, que consumiu mais de R$ 4 bilhões. A turma do jaleco entregou documento ao ministro. Reivindicam maior participação das entidades médicas em ações de planejamento e na saúde preventiva, e carreira vinculada ao ministério que incentive o profissional a ir para o interior, onde faltam profissionais, o que motivou a vinda dos médicos cubanos.

 

Diagnóstico

A Ordem dos Médicos pede a obrigatoriedade do Revalida, o exame da classe, para que estrangeiros atuem no Brasil. E são contra o convênio com a OPAS/Cuba.

 

Sem prescrição

O ministro se resumiu a dizer que vai buscar ferramentas nos Estados que possam ser incorporados na gestão.

 

Duas rodas

O ministro dos Esportes, Leonardo Picciani, é ciclista amador. Na foto do perfil do Whatsapp aparece paramentado numa bike. Pedala todo fim de semana no Rio.

 

Saque...

A coisa está feia no País, menos para a Infraero. A despeito da perda de bilionárias receitas com as concessões, e com o esvaziamento da empresa, a estatal bancou uma palestra motivacional do técnico de vôlei Bernardinho por R$ 49 mil, na segunda, no Rio. Ainda pagou passagens e hospedagem para 51 funcionários de outras capitais.

 

...sem bloqueio

Participaram da palestra no Projeto Chancela da Infraero servidores de vários setores. Os custos além da palestra apontam para R$ 63.018,04 em despesas, segundo levantamento da Associação Nacional de Empregados da Infraero.

 

Jogada de Dante

Por falar em vôlei, o craque Dante, ex-Seleção Brasileira, recusou convite para ser secretário de Alto Rendimento do Ministério do Esporte. Avisou que pretende se aposentar este ano e jogar sua última temporada.

 

Picciani & Khan

Na viagem que fará a Londres no sábado, o ministro Picciani vai se reunir com o prefeito recém-eleito, o muçulmano mais famoso do mundo, Sadiq Khan.

 

O fator Palocci

Expedito Machado Neto, filho do grampeador-geral Sérgio Machado, mora em Londres, onde opera no mercado financeiro e com fundos de investimentos. Na delação, poderia contar por que Antonio Palocci residiu por meses lá, após sair do Governo Dilma.

 

CGU em chamas

Torquato Jardim, que será confirmado hoje no comando da pasta, terá desafio imenso. Insatisfeitos com a ingerência política na ex-CGU e agora Ministério da Transparência, os servidores preparam uma lista tríplice, votada por todas as seccionais nos Estados, para apresentar ao presidente Temer um nome técnico para o comando.

 

Mistério a três

Aliás, se é uma pasta tão técnica e o presidente da República garante que a escolha é de sua cota, cabe a pergunta: por que Temer chamou os senadores Renan Calheiros e Eunício Oliveira para avalizarem o nome do futuro ministro da Transparência?

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Serviços.

Assinatura

Tenha seu jornal sempre na mão

Confira nossa Edição Digital

Classificados

Encontre o que você procura

Empregos

Temos um trabalho para você

Hoje temos vagas disponíveis